10/Dez/21

Just in Time: além da redução de estoque

Acredito que você já deve ter ouvido falar sobre Just in Time. Uma técnica muito adotada na Gestão de Produção e que influencia diretamente no controle de estoque, o Just in Time é um sistema que basicamente tem como objetivo produzir a quantidade exata de um produto de acordo com a demanda, de forma rápida, evitando assim o desperdício e a necessidade de estoque.

Mas, se engana quem pensa que esse sistema é simples assim. Falar sobre eliminar estoque pode parecer fácil, mas é preciso entender que o inventário é apenas um sintoma a ser remediado, não a causa do problema. Nesse artigo, vamos nos aprofundar na técnica para que você possa entender porque a redução de estoque é apenas uma visão rasa de todo o processo.

O que é o Just in Time?

Como dissemos, o Just in Time é um sistema com objetivo de confeccionar produtos de acordo com a demanda, o que causa impacto direto na cadeia de produção, alocando apenas a matéria-prima necessária para determinado produto por determinado tempo.

Essa técnica se aplica em produções por demanda e evita assim desperdício, estoque desnecessário e custos extras. Hoje, o Just in Time é usado por muitas empresas e têm influenciado diretamente as técnicas de gerenciamento de estoque enxuto modernas como o Continuous Flow Manufacturing.

Quais os objetivos do Just in Time?

Na prática, o Just in Time é uma melhoria de processo contínua que prevê a padronização de processos, criação de políticas modernas, otimização de produção e diminuição de estoque a fim de atender a demanda de seus clientes e possibilitar que eles recebam seus produtos no tempo correto.

Ao alinhar sua produção aos pedidos feitos, a indústria reduz desperdícios, torna seus processos mais efetivos e incentiva uma cultura de "erro zero", o que gera uma prática de melhoria contínua e maior eficácia no processo.

Vantagens do sistema Just in Time

A principal vantagem de incutir o pensamento do Just in Time no seu processo de produção é que ao encaixar as operações e a execução de acordo com o nível de demanda, tudo ocorre em seu devido tempo, nem antes, nem depois.

Logo, esse fluxo sincronizado gera agilidade ao processo e redução de custos, ajudando a reduzir estoque, gastar menos e infundindo uma filosofia de custos em todas as pessoas da empresa.

Uma visão madura sobre o processo

Então, fica claro que a redução de inventário é apenas uma consequência de uma visão madura do Just in Time, onde o verdadeiro objetivo é incutir essa cultura de redução de custos em todas as pessoas da organização.

Assim, o não só o presidente procurará formas de reduzir custos, como essa conduta será uma prática diária de todos os colaboradores que procurarão formas de reduzir e até zerar custos desnecessários, se preocupando com essa questão econômica da empresa como um todo.

Eventos relacionados

Conteúdos Relacionados:

Receba a Newsletter Produttare

Trazemos os melhores artigos e pensamentos sobre Excelência Operacional, Lean Manufacturing e Gestão de Operações.

Sua privacidade é importante para nós. Usamos cookies para melhorar a sua experiência ao visitar nossos sites. Leia aqui nossa Política de Privacidade.