Produttare executa projeto de TPM no Complexo Portuário Termasa e Tergrasa

Publicada em 05/Ago/20

Com o objetivo de melhorar a disponibilidade dos equipamentos, aumentar a produtividade das equipes de manutenção e a Eficiência Global (OEE) nos equipamentos, e ainda reduzir o tempo para produção plena de uma nova instalação, a Produttare está em execução de projeto de Gestão Produtiva Total (TPM) na unidade de logística da CCGL — o Complexo Portuário Termasa e Tergrasa, em Rio Grande/RS.

O projeto foca em 7 Pilares da Gestão Produtiva Total: Manutenção Autônoma (MA), Manutenção Planejada (MP), Melhorias Focalizadas (MF), Educação & Treinamento (E&T), Gestão Antecipada (GA), além de Manutenção da Qualidade e Saúde, e Segurança e Meio Ambiente.

Em período previsto de 18 meses, o trabalho busca atingir melhorias no OEE/TEEP (IROG) nas áreas e equipamentos/máquinas piloto — através da implantação de estrutura otimizada de manutenção no que diz respeito a atendimento e qualidade na manutenção —, da introdução de cultura que visa preservar a condição operacional dos postos de trabalho, pela mudança da mentalidade dos Operadores e Manutentores, através das iniciativas da metodologia TPM, fortalecimento da metodologia da Gestão dos Postos de Trabalho (GPT) e das rotinas de reuniões, e a implantação de metodologia para acelerar a obtenção de eficiências elevadas e custos orçados no início de operação de novas instalações.

A unidade de logística da CCGL, composta pelos terminais Termasa e Tergrasa, é responsável pelos serviços de recebimento, armazenagem e expedição de granéis agrícolas no Porto de Rio Grande. Juntos, os terminais representam cerca de 14% das exportações da soja brasileira e 52% do movimento dos grãos do Rio Grande do Sul.

Eventos relacionados

Conteúdos Relacionados:

Receba a Newsletter Produttare

Trazemos os melhores artigos e pensamentos sobre Excelência Operacional, Lean Manufacturing e Gestão de Operações.